Pets como ajuda para as pessoas com depressão - Vitale - Centro Médico Veterinário

Pets como ajuda para as pessoas com depressão

Você sabia que cientificamente quem tem Pets sofre menos de ansiedade e depressão?


Acredite ou não, o melhor amigo do homem também é um excelente remédio para para ansiedade, sensação de solidão, depressão, além de preencher um amor inigualável.
Quem tem um animal de estimação seu, sabe bem o que os pets fazem por nós: proporcionam felicidade e companhia, salienta seus valores como ser humano com sua maiores e melhores virtudes, comprometimento, cuidados, geram maiores círculos de amizade presencial e on-line (através dos grupos de cães, grupos de raças específicas, encontros comemorações, entre outras várias possibilidades). Até mesmo nos momentos mais extremos de ansiedade, tristeza ou até depressão.
Cumprindo com o propósito do Setembro Amarelo, mês dedicado à campanha de conscientização e prevenção do suícidio, viemos explicar como animais podem ajudar pessoas a superar a depressão e melhorar o bem-estar.


CASO CLÍNICO DE DEPRESSÃO


O transtorno depressivo maior, mais conhecido como depressão, é um distúrbio mental descrito como a perda ou desinteresse repentino em atividades antes prazerosas para um indivíduo.


Apesar de, muitas vezes, a doença não ter um motivo aparente por trás, sabe-se que é causada pelo desequilíbrio bioquímico no cérebro, que normalmente causa uma redução na produção de serotonina (neurotransmissor do bem-estar).
Pessoas de todos os tipos e idades possam ser atingidas por esse transtorno psiquiátrico, mas as mulheres são o principal grupo de risco.
A depressão pode causar diversos sintomas físicos e comportamentais, tais como: sono desregulado, perda de apetite, problemas de concentração, baixa autoestima e, até mesmo, tendências suicidas.
Infelizmente ninguém está livre disso, principalmente em tempos de isolamento social e ressignificação da vida, de momentos, de valores, e todos os outros âmbitos que formos “forçados a nos deparar”.
Por isso, é um mal tão discutido durante o Setembro Amarelo.
A ajuda de psicoterapeutas e o uso de medicamentos adequados é imprescindível para tratar do problema, mas o que muitos não sabem é que a presença de um bichinho potencializa os resultados do tratamento. O foco muda, você ganha muito mais quando se permite viver com um pet que ele, acredite é mágico!!


ANIMAIS PODEM MINIMIZAR A DEPRESSÃO E FAVORECER O BEM-ESTAR


Sabia que no tratamento de muitos quadros de estresse pós-traumático, entre outros males, contam com animais para auxiliar na recuperação do paciente?
Não é por acaso: segundo especialistas, a presença de pets ameniza pensamentos negativos, eliminando a sensação de estresse, angústia e solidão, dia a dia em cada conquista, cada sorriso compartilhado, cada momento com o pet é uma dor que vai sendo eliminada. É gradativo porem recompensador!
Inclusive, um estudo da Clínica Médico-Psiquiátrica da Ordem apontou que casos de distúrbio depressivo grave podem ser favorecidos com a presença dos bichinhos. A análise apontou que após 12 semanas de tratamento, um terço dos pacientes tratados com a presença de animais de estimação sequer apresentavam sintomas.


OUTROS CASOS FAVORECIDOS PELOS PETS


Além da pauta principal do Setembro Amarelo, o contato com animais ainda há uma série de benefícios para o público.
Pesquisas apontam que os pets servem como uma espécie de terapia complementar muito indicada para casos de: ansiedade, esquizofrenia, distúrbio de personalidade, problemas cardíacos e pessoas que tratam doenças oncológicas (a maioria dos estúdios foram realizados com mulheres com câncer de mama, e os resultados são extraordinários).
Ficou surpreso? Acredite: os pets potencializam a recuperação de pacientes e ainda diminuem a propensão à complicações cardíacas em humanos.


Isso se deve à necessidade quase que constante que os bichinhos têm de brincar e se exercitar e de distribuir amor. Como os donos precisam acompanhá-los nas atividades, consequentemente praticam exercícios também, realizam caminhadas durante os passeios, mantém local onde eles pertencem limpos e bem cuidados, formam círculos de amizade.
No final, mais endorfinas são liberadas no cérebro, o que alivia a depressão e beneficia o bem-estar.
Animais podem ajudar, até mesmo, crianças em desenvolvimento. Auxiliando na autoestima, concentração e no aprendizado.

CONCLUSÃO

Os animais podem servir como terapia complementar para uma série de casos clínicos, especialmente para a depressão. Algo, inclusive, já comprovado por estudos.

O Vitale, clínica veterinária em Santos, está localizado na Avenida dos Bancários, 06, na Ponta da Praia, em Santos. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (13) 3041-3490 ou Whatsapp (13) 98133-7753. Nos Siga Facebook Vitale centro médico veterinário Instagram @vitalecmv

CTA-Vitalecmv