Comida de Natal: o que os pets podem comer? - Vitale - Centro Médico Veterinário

Comida de Natal: o que os pets podem comer?

O Natal está chegando. Tender, chester, peru e outras infinidades de comidas típicas já devem estar na sua mente. E se da água na sua boca só de pensar, imagina seu pet sentindo o cheiro durante toda a preparação e na própria ceia… A carinha de dó nos faz ceder muito, entretanto, dessa vez você precisará se controlar nos ¨pedacinhos¨.

Os cuidados devem ser em relação a quantidade de sal nos alimentos de animais hipertensos e cardiopatas; gordura excessiva em alimentos temperados artificialmente vendidos em supermercado; corantes e conservantes desses produtos podem acentuar problemas de pele em alérgicos, atópicos e pacientes com problemas inflamatórios intestinais e intolerantes a tipos específicos de alimentos; alho e cebola causam hemólise intravascular (nome difícil e doença grave hematológica);uva passa e frutas cristalizadas podem causar intoxicação em alguns pets não sendo recomendadas nem para experimentar e chocolates e bombons são extremamente tóxicos podendo trazer intercorrências bem desagradáveis nas festas de final de ano

O alimento que mantém cães saciados e saudáveis devem ser fornecidos na dieta dividida entre as refeições do dia, entre ração premium ou super premium e comida caseira ou alimentação natural para quem faz uso desta, seguindo especificações de porte, raça e necessidades, de acordo com orientação do veterinário ou nutrólogo do seu pet. E bem, a de Natal não é uma dessas. Inclusive, alguns alimentos podem até causar intoxicação.

Entendemos que nos períodos de festas, com visita em casa, é quase impossível controlar o que o cachorro pode ou não comer. Porém, o ideal é conversar com os presentes e explicar quais alimentos são proibidos.


Quais comidas de Natal os pets podem comer?

Conheça agora alimentos de Natal que cachorros podem comer:

· Arroz – É uma comida oferecida para cães no dia a dia. Entretanto, é importante que seja em pequenas porções e sem tempero;

· Bacalhau – Bacalhau, desde que não esteja salgado, pode ser oferecido. Confira sempre a presença de espinhas, já que pode causar engasgo e lesões. Cuidado com azeitonas com caroço, pimentão, condimentos e excesso de azeite que podem causar dores de barriga e diarreia nos pets;

· Chester ou Peru – Apenas a carne branca deve ser oferecida e em pequenas quantidades;

· Tender ou Presunto – São permitidos desde que os pedaços não contenham gordura e estejam pouco temperados. Lembrando que presunto industrializado contém corante e sal e pode fazer mal;

· Frutas e Legumes – Alguns legumes e verduras podem ser oferecidos, porém, precisam estar com pouco sal, não conter açúcar e oferecer sempre em pedaços mastigáveis.


Quais são os alimentos de Natal proibidos para cachorros?

· Chocotone – Pode ser uma delícia, mas é indicado somente para humanos. Um composto químico chamada teobromina está presente no chocolate e pode intoxicar os cães. Em quantidades elevadas pode ser fatal;

· Panetone – Há grande quantidade de açúcar nas frutas cristalizadas e na massa doce, tornando o panetone proibido;

· Rabanada – Além de conter muito açúcar, a fritura é prejudicial à saúde dos animais;

· Farofa – A farofa deve ser evitada em todas as épocas do ano, já que é rica em sal e gordura oxidada;

· Salpicão – É uma mistura muito densa para o estômago canino e contém alimentos proibidos, como maionese e uva passa;

· Molhos – São muito ricos e fortes para o estômago e pode causar pancreatite;

· Oleaginosas – É um dos que mais deve ser evitado, pois há possibilidade de o pet ter alergia. Animais que são alimentados com esses produtos por prescrição de nutrólogo devem seguir as recomendações. A macadâmia, em especial, é muito tóxica para cães.

· Uva – Recentemente, a uva passou a ser associada a alterações nos rins de cães. Sendo assim, não é indicada a ingestão em excesso e totalmente contra indicada para nefropatas conhecidos.

. Ossos de aves, pernil etc – Cuidado extremo pois a rotina hospitalar nessa época do ano é recheada de animais engasgado e com pedaços obstruindo estômago e intestino. Não são indicados, mesmo que seu animal tenha costume de comer e nunca aconteceu nada, um dia pode acontecer e não é nada agradável. 


E se acontecer um acidente?

Por mais que você peça, implore e explique, ainda tem gente que “cachorro pode comer de tudo”. Então, às escondidas, alguém pode dar algo que não deve. Caso isso aconteça, observe o comportamento do animal. Se observar vômito, diarreia, isolamento, barulhos feitos na garganta (como se tivesse engasgando), corra para um veterinário competente na sua cidade.

O Centro Médico Veterinário Vitale 24 horas possui experiência nas mais diversas especialidades, incluindo profissionais preparados para lidar com intoxicação e demais efeitos da alimentação incorreta.

Os animais domésticos e exóticos são tratados com toda o amor, carinho, qualidade e segurança.

O Vitale está localizado na Avenida dos Bancários, 06, na Ponta da Praia, em Santos. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (13) 3041-3490 ou Whatsapp (13) 98133-7753. Realizamos atendimento de todas as especialidades, incluindo emergencial 24 horas por dia.

Nos siga Facebook Vitale Centro Médico Veterinário e no Instagram @vitalecm

CTA-Vitalecmv